Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 25/10/2019 às 19h58min

A igreja subterrânea, a mansão e a ganância

compartilha nas redes sociais:
Neuza Brizola



Esta semana recebemos um relato indignado de uma pessoa que participa fielmente da igreja católica, mas ficou revoltado quando soube que o então bispo Dom Jailton Lino, havia trocado a igrejinha subterrânea por uma mansão.

Construída em 1973, a Igreja Subterrânea, localizada na Rua do Rotary Club ao lado do antigo Fórum e do Hospital Municipal Materno Infantil (UMMI), antigo Hospital Santa Rita, a “Igrejinha Subterrânea” que fica ao lado da casa paroquial da São Francisco foi vencida pela ganância dos que tinham a obrigação de conservá-la e ela foi trocada por uma mansão, para atender os desejos dos que fizeram votos de pobreza ao entrarem na Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

A ganancia dos chefes da Diocese de Caravelas/Teixeira de Freitas, já há algum tempo vem construindo sua história de ganancia e usuria, em nossa região. Primeiro foi o bispo Dom Antônio Zuqueto que, para alimentar seu poder de grandeza,   escorraçou pequenos posseiros que viviam as margens do Rio Itanhém.

É o caso da situação do senhor Antônio Levino, o popular “Tonhão”, que mora em sua pequena propriedade há mais de 60 anos, ou seja, desde que nasceu, “Tonhão” disse que “Dom Antônio Elizeu Zuquetto e Dom Carlos Alberto quer tomar a terra minha, é daqui que sempre tirei meu sustento e da minha família. Uma vez precisei ligar luz e peguei com ela a quantia de aproximadamente R$ 2.500,00, mas como meus filhos foram trabalhar em Portugal, me mandaram o valor e paguei-o. Passado algum tempo depois, este indivíduo que tomar minha terra. Será, meu Deus, que vou perder meu único bem que tenho para viver meu resto de vida pra esses sem coração. Já não bastasse a água e todo o restante de terra que era de minha família e eles conseguiram enganar meu pais na época, com chamada “devoção Católica” e acabaram tomando em forma de troca, com pão velho e carne de jabá estragada...” falou “Tonhão” chorando. Matéria publicada no Jornal Alerta em 26/02/ 2014.

O sucessor de Dom Antônio, Dom Carlos Alberto dos Santos, também teve denunciada suas maracutaias paras se apossar das terras de pequenos posseiros na região de Itanhém, terras essas, conseguidas com o trabalho do padre José Koopmans que morreu de infarto durante uma caminhada na Avenida pres. Getúlio Vargas em 04 de junho de 2014.

Padre José vivia há mais de 40 anos na região e na época quando aqui chegou, conseguiu comprar pequenas glebas de terra que foram distribuídas a pequenos produtores de Itanhém e Medeiros Neto. 

Quando padre José morreu foi denunciado que o bispo queria tomar as terras dos posseiros, o que não foi aceito por padre Jose, por isso, ele foi afastado de suas funções na igreja pelo bispo, e pessoas ligadas ao padre denunciaram que ele ficou muito desgostoso e isso o levou a morte.

Esta semana fui procurada por um dos médicos pioneiros em nossa cidade e frequentador assíduo da igreja e ele me disse que nunca ouviu dizer que se vendesse igreja ou cemitério. Este médico que não vou revelar o nome me disse que está muito triste e decepcionado com a atitude de Dom Jailton que está pensando mais em seu status do que na história de nossa cidade. 

O Prego é o Bispo- Por Edmar José Castro

Durante o novenário em honra e homenagem ao nosso grandioso padroeiro São Francisco de Assis, mais uma vez os fiéis foram convocados e responderam ao chamado. Os paroquianos sob a égide do tema: Discípulos e Missionários da Misericórdia, a exemplo de São Francisco de Assis, não mediram esforços, pois sabiam do desafio e a necessidade do objetivo material da festa, construir nossa casa paroquial.

Mas vamos a remissão do texto:

Durante o novenário fomos agraciados com a presença de vários padres da diocese, porém especificamente deixou marcado a mensagem do padre Gilberto, quando na ocasião citou da viagem que fez aos locais onde Francisco viveu na Itália e também com eram as atitudes dele em relação ao apego  material, citando o exemplo de um dos religiosos que esteve a ponto de ser expulso do mosteiro por reivindicar a propriedade de um prego, que era o local de pendurar sua roupa, foi repreendido pela atitude, pelo sentimento de posse, pois se já tinha um prego não poderia continuar naquela comunidade.

Reportando-se ao bispo, esse não esteve presente por questão inicialmente de saúde, o que talvez nem seja, digo isto, pela divulgação dos fatos durante o próprio novenário.

Enquanto todos estavam engajados na quermesse, caí como uma bomba em nossas cabeças, a notícia da troca da casa paroquial juntamente com a igreja subterrânea pela casa de um empresário da região.

Aos paroquianos restou o consolo das músicas em homenagem ao padroeiro “ Vem Francisco, vem ensinar os seus filhos a cristo imitar” ou nos questiona, seria isto a “perfeita alegria’?

Ah Francisco! As coisas mudaram por aqui, aquele prego que lhe causou indignação o que seria diante do silêncio que as coisas andam acontecendo em nossa diocese?

Seu desapego Francisco, ficou ultrapassado, o martelo que poderia arrancar aquele prego nem existe mais. Resta-nos a expectativa de não ser excomungado por ditar tal pensamento.

Outro dia fui procurada por um padre que não vou citar o nome, ele estava acompanhado do bispo e me pediu que eu intercedesse junto ao prefeito de Caravelas em uma ação que a diocese tem com o município.

Segundo o padre, a diocese era dona de uma área de terra devoluta que foi usada pelo prefeito anterior para construir uma escola, por isso, o município tem que indenizar a igreja, ora, se é terra devoluta como pode pertencer a diocese? Como não havia falado com Silvio naqueles dias porque o mesmo estava viajando e eu não vi a questão como urgente, não mantive contato com ele, foi ai que recebi esta mensagem;


Mensagens do face

Neuza bom dia..tudo bem? Me fale...vc chegou a falar com o Silvio sobre o pedido do bispo em relação a indenização do terreno da escola lá que construiu no terreno da DIOCESE? O Sr bispo quer que via departamento jurídico já demos entrada num processo...Conversei com Dr Ali e este disse que a Thabata falou que já falou com Silvio..o fato é que já estamos cansados desse marasmo e desconsideração do executivo em relação a pessoa do bispo e da diocese como um todo..


Se vc falou me dê um retorno..terça feira vou me reunir com o Dr Ali que é o advogado da diocese

Queremos apenas a proposta de valor da prefeitura..

Bom dia...ainda não consegui conversar c silvio

Estou me reportando a vc por que vc prometeu ao bispo que ia falar com seu amigo

Essas coisas só pessoalmente..e não encontrei c ele ainda

Sendo ele um homem de bom senso...e de um cabedal administrativo não seria de bom tom se indispor com o ordinário diocesano

Igreja subterrânea bispo mansão

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também CULTURA

Pai e madrasta são presos por agredirem criança de 11 anos

Pai e madrasta são presos por agredirem criança de 11 anos

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil

Polícia Militar em Itamaraju lança mais uma edição da campanha “Adote um sorriso, doe um brinquedo”

Polícia Militar em Itamaraju lança mais uma edição da campanha “Adote um sorriso, doe um brinquedo”

Carreta de rastreamento do câncer de mama inicia atendimento em Teixeira de Freitas

Carreta de rastreamento do câncer de mama inicia atendimento em Teixeira de Freitas

Últimas publicações