Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 02/10/2021 às 18h36min

Caravelas, Mucuri e Ibirapuã são os municípios mais bem posicionados no ranking de qualidade da saúde pública no extremo sul da Bahia

compartilha nas redes sociais:
Athylla Borborema

Os municípios de Caravelas, Mucuri e Ibirapuã se destacaram novamente no cumprimento das metas dos indicadores de saúde do Programa Previne Brasil na análise dos extratos de desempenho dos meses de maio, junho, julho e agosto de 2021. Os mesmos serviços públicos de saúde foram avaliados pelo Ministério da Saúde entre os meses de janeiro e abril, quando Caravelas, Mucuri e Itanhém pontuaram na ordem entre os primeiros colocados. Mas no segundo quadrimestre Caravelas e Mucuri mantiveram o destaque de 1º e 2º lugar, já Itanhém perdeu a posição de 3º lugar e passou a ser o 4º município melhor avaliado e Ibirapuã subiu e assumiu a 3ª colocação.

Na análise dos extratos de desempenho, os municípios de Caravelas, Mucuri e Ibirapuã alcançaram na região dos 21 municípios do extremo sul da Bahia, pontuações acima das metas estabelecidas, ganhando destaque na macrorregião e no estado da Bahia. Com esse feito, o município de Caravelas ficou na primeira posição do ranking dos municípios integrantes das regiões de territórios turísticos Costa do Descobrimento e Costa das Baleias.

Na prática, os municípios mais bem colocados que são Caravelas, Mucuri e Ibirapuã serão premiados com uma fatia de recursos financeiros para custeio das ações e serviços de saúde, no âmbito da atenção primária. Esses recursos fazem parte do Previne Brasil, novo modelo de Incentivo Financeiro de Custeio, destinado aos municípios que alcançarem as metas dos indicadores do pagamento por desempenho do programa. Os recursos servirão para o custeio da Atenção Primária à Saúde. O objetivo é ampliar o acesso e qualificar o atendimento nas unidades de saúde de cada município.

O Previne Brasil é um programa federal que avalia o desempenho dos municípios nos atendimentos de gestantes, odontologia, testagem de ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), tratamento de hipertensão, diabetes, entre outros procedimentos considerados parte da Atenção Básica à Saúde. Os indicadores vão sendo avaliados até chegarem no Indicador Sintético Final.

O Programa Previne Brasil que mede a satisfação da população em cada município brasileiro foi instituído pelo Ministério da Saúde do Brasil, em 2019, durante o governo Jair Bolsonaro, determinando alterações no financiamento de custeio da atenção primária à saúde no país, determinando três critérios bases para o repasse financeiro aos municípios: captação ponderada, pagamento por desempenho e incentivo para ações estratégicas.

De acordo com a secretária Municipal de Saúde de Caravelas, Marina Ramalho, o resultado condiz com os investimentos realizados em estrutura física e tecnológica de gestão pública em saúde primária, onde a prioridade principal é o conforto, o atendimento e o resultado alcançado pelos usuários da saúde pública. “O resultado de 1º lugar no ranking pelo segundo quadrimestre seguido representa a consolidação de todo o trabalho de capacitação das equipes, reestruturação das unidades da rede de saúde e comprometimento dos profissionais para atender bem a população, oferecendo serviços de saúde com qualidade e excelência”, destacou a secretária Marina Ramalho.

Para o secretário Municipal de Saúde de Mucuri, Fernando Jardim, a consequência dos números é fruto da persistência e o investimento do município, por meio da gestão do prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa “Robertinho” (DEM), que em 9 meses de governo, promoveu uma grande diferença de melhorias na saúde pública, elevando o município da 7ª posição para a 2ª posição no índice do Programa Previne Brasil.

“Desde o primeiro dia do governo do prefeito Robertinho que ele traçou uma série de diretrizes em favor da saúde pública e muitos investimentos foram feitos, com a implantação da primeira maternidade do município no Hospital São José em Itabatã, com a realização de cirurgias de alta complexidade, mutirões de saúde e um trabalho de muita responsabilidade, ao lado de uma equipe comprometida com a saúde do município. E foi investindo na atenção básica que o município tem evitado graves problemas de saúde na população, ao ponto de chegarmos ao 2º lugar no ranking de qualidade da saúde pública no extremo sul da Bahia, no primeiro quadrimestre e no segundo quadrimestre de 2021”, celebrou o secretário Fernando Jardim.

RANKING DOS 21 MUNICÍPIOS DO EXTREMO SUL DA BAHIA

1° Caravelas

2° Mucuri

3° Ibirapuã

4° Itanhém

5º Vereda

6º Guaratinga

7° Medeiros Neto

8° Teixeira de Freitas

9º Porto Seguro

10º Nova Viçosa

11° Itabela

12º Eunápolis

13º Lajedão

14 Santa Cruz Cabrália

15º Alcobaça

16 Itagimirim

17º Itamaraju

18º Itapebi

19º Belmonte

20° Prado

21° Jucuruçu

Ranking de qualidade da saúde pública

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também BAHIA

Técnico em informática recebe descarga elétrica durante trabalho, é socorrido e morre no HMTF

Técnico em informática recebe descarga elétrica durante trabalho, é socorrido e morre no HMTF

Prefeito de Lajedão declara apoio ao PT e aproveita para reivindicar obras para seu município

Prefeito de Lajedão declara apoio ao PT e aproveita para reivindicar obras para seu município

Cidadania expulsa deputado Fernando Cury por importunação sexual

Cidadania expulsa deputado Fernando Cury por importunação sexual

Suspeito de ser o mandante de chacina que deixou cinco mortos em Itabela se apresenta na Delegacia de Eunápolis

Suspeito de ser o mandante de chacina que deixou cinco mortos em Itabela se apresenta na Delegacia de Eunápolis

Últimas publicações