Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 02/12/2014 às 20h34min

Corpo de jovem desaparecida é encontrado numa cova rasa, assassino levou a polícia até o local.

compartilha nas redes sociais:
Neuza Brizola

 

 

 

 

O corpo da jovem de 15 anos que estava desaparecida desde a última quinta feira, 27 de novembro, foi encontrado no inicio d atarde desta terça feira, 02 de dezembro, enterrado numa cova rasa, num matagal dentro de uma plantação de eucaliptos, próximo ao rio Itaitinga, distrito de Alcobaça.

 

 

 

Cassiane Lima, 15 anos, havia desaparecido da casa onde morava com os pais e dois irmãos menores, e desde então, familiares, amigos e colegas de escola e igreja procuravam pela jovem que sumiu misteriosamente, intrigando a família e policias, já que a jovem era de bom comportamento e uma menina que vivia para a família e a igreja que congregava e onde participava de várias atividades.

 

 

 

 

O assassino confesso de Cassiane foi o seu vizinho, Ismael de Jesus Morais, 27 anos, casado, pai de um filho. Em coletiva a imprensa na tarde desta terça feira, na sede da 8ª Coorpin, o coordenador Marcos Vinicius, juntamente com os delegados Marco Antonio da DTE e as delegadas da Delegacia da Mulher, Drª Katia Cielber, Andressa Carvalho e o coordenador do DPT Manoel Garrido, esclareceram o crime que chocou o extremo sul.

Segundo o coordenador Marcus Vinicius, a polícia começou a trabalhar no caso via Delegacia da mulher, então a delegada Katia Cielber solicitou a marcos Vinicius que periciasse a casa de Cassiane. Em primeiro momento, a única coisa que chamou a atenção da perícia foi uma mancha de urina na cama da adolescente.

 

 

 

 

A polícia começou as investigações, e a família se prontificou a colaborar com todas as informações possíveis, já que a vítima não tinha histórico de rebeldia juvenil. Investigando a casa a polícia descobriu uma fenda no muro que liga a casa da família a casa do assassino. Uma tela de um galinheiro estava fora do lugar, então o vizinho começou a ser investigado. Vizinhos também passaram a desconfiar de Ismael que já cumpriu pena por envolvimento com uma menor de 13 anos na cidade do Prado e outras práticas ilícitas como roubo, furto e desmanche de carro.

 

 

 

Ismael possui um carro Fiat Uno de vidros fumê, e como os vizinhos já estavam desconfiados dele começaram a observar o comportamento do assassino. Outro morador do bairro ao fazer um trabalho no carro do acusado, encontrou um fio de cabelo castanho claro, no porta malas do carro. Este material já foi encaminhado para perícia.

 

 

 Família de Cassiane participando da passeata.

 

Com outros elementos em mãos, o delegado pediu a prisão preventiva do acusado, e na manhã desta segunda feira (1º), por volta de 7:00 horas, Ismael foi preso quando chegava para trabalhar em uma distribuidora de bebidas.

 

 Familiares de Cassiane.

 

Mesmo com todas as evidências da polícia, o acusado friamente continuava negando o crime, e segundo delegado foi preciso apelar para o sofrimento da família para que o assassino confesso dissesse onde tinha enterrado o corpo da menor.

 

 Assassino confesso.

 

Israel confessou á polícia que naquela manhã, ao sair para ir a escola os irmão de Cassiane de 07 e 12 anos, saíram para a escola e deixaram a porta dos fundos aberta, o acusado entro na casa e sufocou a jovem com as mãos, com ela desmaiada, ele a violentou, e depois de posse de um pedaço de aram e ele a estrangulou.

Depois que matou a jovem, Ismael levou o corpo até o local onde ele foi encontrado e o deixou coberto de folhas de palmeiras, a noite, de posse de uma enxada e um cavador ele voltou ao local e enterrou Cassiane em uma cova rasa. Preso ele confessou o crime e levou a polícia até o local onde a jovem estava enterrada.

 

 

 Local onde a jovem estava enterrada.

 

Na manhã desta terça feira (02), ainda sem noticias do paradeiro da jovem, familiares, amigos, professores e alunos da escola onde a jovem estudava saíram as ruas para pedir justiça, o ato percorreu ruas e avenidas do centro da cidade e terminou na Praça da Bíblia com um abraço coletivo e oração do pastor da igreja onde a jovem congregava.

 

 

 

 

Assim que a noticia da prisão de Ismael se espalhou, uma multidão foi para a porta da delegacia querendo fazer justiça com as próprias mãos, precisou a intervenção da policia militar para conter a multidão. Para preservar a vida do acusado a polícia transferiu Israel para o presídio de Teixeira de Freitas.

 

 

Pai  de Cassiane.

 

 

Revenildo Almeida Silva, pai de Cassiane, agradeceu o empenho da polícia e disse que se sentia aliviado em poder enterrar a filha que foi morta numa ação monstruosa do seu vizinho.

 

 

Arame usado para matar a jovem.

 

 

Já Ismael ao ser questionado pelos repórteres o porque de ter matado a jovem, ele preferiu ficar calado e sem demostrar nenhum tipo de arrependimento pela monstruosidade cometida contra Cassiane, ele deixou a sala sem dizer uma palavra. O assassino vai responder por estupro seguido de morte e ocultação de cadáver.

Teixeira de Freitas

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também POLíCIA GERAL

Nova Iguaçu tem segundo candidato a vereador morto a tiros

Nova Iguaçu tem segundo candidato a vereador morto a tiros

Em novo recorde, eleições municipais têm mais de 545 mil candidatos

Em novo recorde, eleições municipais têm mais de 545 mil candidatos

Neymar marca três vezes e seleção vence Peru nas Eliminatórias

Neymar marca três vezes e seleção vence Peru nas Eliminatórias

Homem mata vizinha, atira em ex-mulher e comete suicídio

Homem mata vizinha, atira em ex-mulher e comete suicídio

Últimas publicações