Publicidade Davaca novo

CREAS de Itanhém realiza grande caminhada em alusão ao 18 de Maio

O objetivo da caminhada foi promover a conscientização da população, sobre a necessidade de proteger as crianças e adolescentes de todas as formas de violações de direitos.

Por Neuza em 19/05/2022 às 05:46

Ocorreu, na manhã desta quarta-feira, a caminhada em alusão ao Dia Nacional de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes - 18 de Maio.

Realizada pelo CREAS, em parceria com Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, CRAS, Conselho Tutelar e CMDCA, o evento teve participação das escolas Rui Santos, Costa e Silva, Simplício Binas, CEMEI, Colégio Polivalente e ainda da AABB Comunidade, Projeto Resgate, Desbravadores da Adventista, Pastoral da Criança e CAPS, com o apoio da Polícia Militar.

A caminhada partiu da Av. Alves de Macedo, enfrente o Colégio Polivalente, e percorreu pelas ruas Rubens Davi, Av. Maria Moreira, Praça Castro Alves, Praça da Liberdade, descendo a Rua Belo Horizonte, e encerrando na Praça da Rodoviária. Os participantes marcharam com cartazes, que estampavam frases de efeito. 

Também participaram da ação a secretária de Educação Normélia Alquilina, os vereadores Gutemberg e Rivelino e a enfermeira Juliana Acácio, representante da Secretaria de Saúde. 

De acordo com a coordenadora do CREAS, Jubnéia Ricardo, foram distribuídos panfletos com informações sobre tema da Campanha. Em sua fala, ela agradeceu aos participantes e ao apoio do prefeito Mildson Medeiros e da secretaria do Desenvolvimento Social, Eliane Araújo.

Na Praça da Rodoviária, houve momento musical, com Alexandre Costa e Lara Karolina. A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA, Juliete Gonçalves, e o psicanalista e pastor João Batista, da igreja Metodista Wesleyana, explanaram sobre a importância da luta contra o abuso e a violência sexual, bem como a de os pais estarem sempre atentos ao comportamento de seus filhos, incentivando a comunidade a denunciar qualquer tipo de abuso.

O objetivo da caminhada foi promover a conscientização da população, sobre a necessidade de proteger as crianças e adolescentes de todas as formas de violações de direitos, principalmente do abuso e da exploração sexual, que não é apenas o ato, mas fotos, vídeos, tráfico de crianças e adolescentes, ou obrigar uma criança ou adolescente a assistir ou praticar sexo.

Fonte: Bahiaextremosul/Ascom

Tags:   18 de maio