Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 19/12/2020 às 20h54min

Familiares reconhecem corpo em estado de esqueletização como sendo do jovem “Tchum” que estava desaparecido

compartilha nas redes sociais:
Fernanda Silva / Bahiaextremosul

Familiares reconheceram no IML de Itamaraju o corpo encontrado em uma plantação de eucaliptos como sendo de Alexandre Alves Evangelista, popular “Tchum” de 22 anos.

O jovem estava desaparecido desde o último dia 11 de dezembro quando saiu de casa.

O corpo foi encontrado por trabalhadores por volta das 18 horas desta quinta-feira, 17 de dezembro, em meio a uma plantação de eucaliptos, no Itaitinga I, no município de Alcobaça, o corpo já estava em estado de esqueletização, mas a perícia conseguiu identificar que ele teve as mãos amarradas e apresentava uma perfuração feita por arma de fogo na nuca.

A polícia foi acionada e esteve no local junto com a Polícia Técnica (DPT) e realizaram a remoção dos restos mortais para o IML da cidade de Itamaraju.

A polícia investiga autoria e motivação do crime.

Reconhecido por familiares Estava desaparecido

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também POLíCIA GERAL

Maior incidência de pragas eleva área tratada e exige maior proteção e manejo de cultivos

Maior incidência de pragas eleva área tratada e exige maior proteção e manejo de cultivos

Secretário da Saúde da Bahia testa positivo para a Covid-19

Secretário da Saúde da Bahia testa positivo para a Covid-19

Iniciada a distribuição de kits da merenda escolar para estudantes

Iniciada a distribuição de kits da merenda escolar para estudantes

Corpos de mãe e filha são achados enterrados em quintal de casa

Corpos de mãe e filha são achados enterrados em quintal de casa

Últimas publicações