Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 08/09/2020 às 13h28min

"Linguada" -Vereador de Itanhém pede a eleitora que conquiste voto do marido com sexo

compartilha nas redes sociais:
Por: edelvãnio Pinheiro, Aguapretanews


  • Um vereador do distrito de Ibirajá, município de Itanhém, no extremo sul da Bahia, encontrou uma forma inusitada de conquistar voto, pedindo à mulher do eleitor que fizesse um sexo apimentado com o marido dela, um tal de matinê que, no contexto, entende-se tratar-se de sexo oral.

Primeiro, o emedebista Gelson Picoli conseguiu, na prefeitura, um emprego temporário para Verônica Pereira dos Santos, 34 anos, que passou a trabalhar numa barreira da Covid-19, monitorando veículos e pessoas que seguiam do distrito para a cidade de Vereda. Mas o marido dela, Vanderley Monteiro Freire, o Vanzim, 48 anos, que já havia votado no vereador em eleições anteriores, decidiu não apoiá-lo este ano. Gelson, então, não viu outra saída, se não pedir à mulher para dar um tratamento especial ao marido na cama.

“Hem? Moça, você tinha que dá uma namorada bem gostosa com Vanzim, faz um matinê aí bem gostoso, dá uma linguada bem dada nele aí e traz esse homem de novo, moça, pra nós, moça, ué!”, disse Gelson Picoli, via WhattsApp.

O vereador, entretanto, não esperava que a mulher mostrasse o áudio ao marido que, claro, não gostou nem um pouco da nova forma como o vereador quis cooptar o seu voto.

“Como um cara, representante de Ibirajá vem com uma conversa dessa, conversa fiada, um trem desse aí é conversa fiada, isso não existe, veio aqui me pedir desculpa, eu não aceitei e não aceito, pronto, eu não aceito. Sempre fui do lado deles e as reuniões que eles fazem é só cachaçada e carne assada, só dá briga, só está dando caso de polícia, pancadaria, por causa do vereador que temos aqui dentro, por causa do vereador Gelson Picoli”, disse Vanderley à reportagem.

Vanderley disse ainda que antes da proposta do sexo especial, o vereador tentou comprar o seu voto com uma bateria de moto e um emprego temporário.

“O irmão dele veio me dar a bateria de minha moto, que custa 155 reais. Que homem sou eu para me vender por 155 reais? Eu tenho minha dignidade, quem é ele e o irmão dele? Isso não existe, votei nele [na eleição passada], agora quer me comprar por 155 reais, uma bateria de moto, isso não existe, isso é uma vergonha pra ele pra ser um representante de Ibirajá pra vim fazer uma coisa dessa aqui. Veio me dar empreguinho também de três meses e eu não quis. Por que não me deu emprego no início da política? 12 anos que eu acompanho ele, agora no final quer me dar emprego. Ele não teve respeito nem por mim nem por Verônica, entendeu?”, desabafou.

Procurada pela reportagem, Verônica disse que “Gelson Picolli quase acabou com meu relacionamento com Vanderley por causa do áudio que ele mandou”.

Os áudios viralizaram na internet e surgiu até meme com a foto do vereador.

Ouça:

Tocador de áudio

Áudio que o vereador Gelson Picoli mandou para a mulher de Vanderley, o Vanzim.

Tocador de áudio

Vanderley não gostou do áudio que o vereador mandou para sua mulher, tentando cooptar o seu voto.

Vanderley e sua mulher Verônica.

Politica vereaor voto linguada sexo

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também POLíTICA GERAL

Nova Iguaçu tem segundo candidato a vereador morto a tiros

Nova Iguaçu tem segundo candidato a vereador morto a tiros

43ª CIPM e unidades especializadas da PMBA desencadeiam operação em Itamaraju

43ª CIPM e unidades especializadas da PMBA desencadeiam operação em Itamaraju

Teixeira confirma mais uma morte e 66 novos casos do Covid 19

Teixeira confirma mais uma morte e 66 novos casos do Covid 19

TRE-BA informa que horário de votação de 7h às 10 horas é preferencial, não exclusivo

TRE-BA informa que horário de votação de 7h às 10 horas é preferencial, não exclusivo

Últimas publicações