Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 05/11/2020 às 09h28min

Ministério da Justiça e Segurança Pública coordena Operação 404, fase 2

compartilha nas redes sociais:
Neuza Brizola/Ascom

Foto- reprodução

Sob a coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), foi deflagrada, nesta quinta-feira (5), a Operação 404, fase 2, com o objetivo de reprimir crimes praticados contra a propriedade intelectual na Internet.

O trabalho coordenado pela Secretaria de Operações Integradas do MJSP envolve as Polícias Civis de dez estados: Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo.

Estão sendo cumpridos, por determinação judicial, 25 mandados de busca e apreensão em 10 estados, bloqueio e/ou suspensão de 252 sites e 65 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo, desindexação de conteúdo em mecanismos de busca e remoção de perfis e páginas em redes sociais.

A operação está sendo acompanhada do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), no Setor Policial Sul. A imprensa poderá fazer imagens do trabalho no CICCN entre 08h45 e 09h15. Jornalistas interessados em fazer imagens devem enviar para imprensa@mj.gov.br nome, CPF e veículo de comunicação até às 8h30 de quinta feira (5).

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, o secretário de Operações Integradas do MJSP, Jeferson Lisbôa Gimenes, o coordenador do Laboratório de Operações Cibernéticas da Seopi/MJSP, Alesandro Barreto, e a adida de Propriedade Intelectual do Governo Britânico, Angélica Garcia, concederão entrevista coletiva sobre a operação, às 10h, no Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A ação integrada no combate à pirataria online está sendo deflagrada com a colaboração das embaixadas dos Estados Unidos (Adidancia de Polícia de Imigração e Alfândega- Homeland Security Investigations (HSI) e Departamento de Justiça) e do Reino Unido no Brasil (IPO – Intellectual Property Office e PIPCU - Police Intellectual Property Crime Unit).

Nos Estados Unidos, a HSI Washington D.C., o Centro Nacional de Coordenação de Direitos de Propriedade Intelectual e o Departamento de Justiça identificaram três domínios ilícitos que foram bloqueados por facilitar a violação criminal de propriedade intelectual.

No Brasil, a pena para quem prática esse crime é de reclusão, de dois a quatro anos, e multa (art. 184, §3º do Código Penal Brasileiro).

A operação denominada 404 faz referência ao código de resposta do protocolo HTTP para indicar que a página não foi encontrada ou está indisponível. A fase 1 foi deflagrada em 01 de novembro de 2019 com o cumprimento de 30 mandados de busca e apreensão, bloqueio e/ou suspensão de 210 sites e 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo, a desindexação de conteúdo em mecanismos de busca e a remoção de perfis e páginas em redes sociais.

Ministério da Justiça e Segurança Pública Operação 404

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também JUSTIçA

Quase 40 munições são apreendidas em ônibus pela PRF em Jequié

Quase 40 munições são apreendidas em ônibus pela PRF em Jequié

Motociclista morre em acidente na BR 101 em Teixeira de Freitas

Motociclista morre em acidente na BR 101 em Teixeira de Freitas

Corpo de jovem que estava desaparecido foi encontrado no Rio Itanhém “Prainha” em Teixeira de Freitas

Corpo de jovem que estava desaparecido foi encontrado no Rio Itanhém “Prainha” em Teixeira de Freitas

Secretário de Meio Ambiente de Belmonte morre de Covid-19

Secretário de Meio Ambiente de Belmonte morre de Covid-19

Últimas publicações