Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 20/12/2019 às 20h16min

Morre Catifunda da Escolinha do Professor Raimundo

Atriz de 83 anos também passou por novelas como Meu Bem, Meu Mal.
compartilha nas redes sociais:
RD1

Zilda Cardoso
Zilda Cardoso (Catifunda) na Escolinha do Professor Raimundo; atriz faleceu nesta sexta-feira (20), aos 83 anos (Imagem: Divulgação / Globo)


Morreu nesta sexta-feira (20), aos 83 anos, a atriz Zilda Cardoso, famosa por sua atuação como Catifunda na Escolinha do Professor Raimundo, da Globo, e A Praça é Nossa, do SBT.

De acordo com informações do 77° Distrito Policial, em Santa Cecília, centro de São Paulo, Zilda teve morte natural. Ela, que não enfrentava problemas de saúde, foi encontrada caída no apartamento em que vivia pela diarista que a acompanhava há anos e pelo porteiro do prédio. Os dois acionaram o Corpo de Bombeiros, que constatou o óbito.

Longe do vídeo desde 2000, quando participou de um episódio do Você Decide, Zilda vivia sozinha, contando com o auxílio de uma cuidadora e mantendo uma rotina que incluía, todos os dias, almoços com amigas e vizinhas em uma churrascaria. Ela também consumia cerca de três maços de cigarro por dia.

Nascida em 4 de janeiro de 1936, Zilda Cardoso iniciou sua carreira como caloura do Chico Anysio Show, em 1961, na TV Paulista. Três anos depois, chegou à Praça da Alegria apresentada por Manuel de Nóbrega na Record; concebeu a personagem Catifunda, então reservada para Eloísa Mafalda, no improviso, tomando o charuto de um contrarregra.

Ao jornal O Globo de 15 de dezembro de 1991 revelou: “Comecei a observar que o Renato Aragão era o Didi, o Golias era sempre o Golias e Charles Chaplin foi sempre o Carlitos. Então, compreendi que a Catifunda era tão forte que tinha tomado conta de mim. Passamos a ser uma só e assumi a personagem“.

Como Catifunda, Zilda também marcou presença em Alegria 81 (SBT, 1981), Praça Brasil (Band, 1987) e Estados Anysios de Chico City (Globo, 1991). Passou ainda pelo elenco de Os Trapalhões (1977, Globo). E esteve nas chamadas novelas humorísticas da Record – Quatro Homens Juntos (1965), Mãos ao Ar (1966) e Meu Adorável Mendigo (1973).

Na Globo, atuou em Meu Bem, Meu Mal (1990), protagonizando a histórica cena em que Dom Lázaro Venturini (Lima Duarte) volta a falar após sofrer um AVC, pedindo por melão à enfermeira Elza, vivida por ela. No mesmo ano, integrou o elenco da série Delegacia de Mulheres como a escrivã Adelaide; a produção debatia casos de violência contra a mulher.

Morte natural

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também FAMOSOS

Prefeito Zico de Baiato anuncia investimento de R$ 20 milhões em obras para Alcobaça

Prefeito Zico de Baiato anuncia investimento de R$ 20 milhões em obras para Alcobaça

“Godizila” é executado no quintal de casa, em Itabatã

“Godizila” é executado no quintal de casa, em Itabatã

PRF prende três foragidos da justiça nas rodovias federais da Bahia

PRF prende três foragidos da justiça nas rodovias federais da Bahia

Polícia recupera veículo furtado em MG no interior de Caravelas

Polícia recupera veículo furtado em MG no interior de Caravelas

Últimas publicações