Publicidade Davaca novo

Polêmica - Diretoria da Coopmista discute desapropriação do Parque de Exposição para construção da rodoviária

Por Neuza em 11/05/2022 às 11:51


A diretoria da Cooperativa Mista Agropecuária do Sul da Bahia – Coopmista e o Sindicato Rural de Teixeira de Freitas, esteve reunida no final da tarde desta terça-feira (10), para discutir o Decreto do Governo do Estado que desapropria a área do parque de exposição para construção do terminal rodoviário de Teixeira de Freitas.

 O Decreto de Nº 21.339 assinado pelo governador Rui Costa no dia 17 de abril e publicado no Diário Oficial no dia 20 do mesmo mês, só chegou ao conhecimento da diretoria no dia 07 de maio através de um vídeo publicado nas redes sócias pelo ex prefeito João Bosco.

O decreto torna de utilidade pública para fins de desapropriação o Parque de exposições Temóteo Alves de Brito para a construção da rodoviária que terá de ser removida de onde está para dar espaço ao estacionamento do Hospital da Costa das Baleias.

Contrária a decisão do governo, a diretoria se reuniu com advogados e associados para discutir as medidas que serão tomadas afim de preservar o parque, que faz parte da história de Teixeira de Freitas.

Artur Teixeira, presidente da Coopmista disse que recebeu a notícia através do advogado Dr. Paulo Américo que ligou dos Estados Unidos para dizer que havia visto o vídeo de João Bosco falando da desapropriação “mais tarde apareceu outro vídeo dele (de João Bosco), já aqui nessa portaria e já com o decreto, ai me assustou, pensei, rapaz, que situação e essa, como segunda feira era feriado, imediatamente marquei essa reunião para hoje. Penso que a gente tem que tentar conversar antes de brigar, as vezes o diálogo resolve, sensibiliza o governo, vamos em umas quatro ou cinco entidades e a gente tenta sensibilizar, porque aqui não serve como rodoviária” disse Artur se referindo como ficou sabendo da desapropriação.

Já o presidente do Sindicato Rural, Dori Neves, ficou chateado com o vídeo feito pelo ex prefeito João Bosco quando disse que o parque é ocioso “A cooperativa vai reagir e o sindicato dos produtores rurais vai reagir também, quem é esse ex prefeito pra vir dizer que esse parque é ocioso? ele não é, se a cidade tivesse um estádio que não tivesse campeonato naquele ano seria considerado ocioso? não seria! se tem o Centro Cultural e só funciona quando tem  um grande evento, ele não é ocioso. A finalidade do parque é sediar exposições agropecuárias, é sediar vaquejadas, shows quando entra em acordo com a diretoria, então a validação do que ocioso ou não, não cabe a ele, cabe aos proprietários, que são os cooperados, nós temos a satisfação de dizer que Teixeira de Freitas já sediou a terceira melhor exposição do estado da Bahia, ela só perdia pra Feira de Santana e Itapetinga, então eu quero dizer que é muito revoltante uma situação dessa, nós sabemos que na gestão do Joao Bosco, ficou quatro anos sem uma exposição, não é política voltada ao local, é política nacional, eles são contra o agronegócio, eles só não proíbem o agronegócio porque eles não tem força pra isso. Então, nós temos que reagi” disse Dori.

O presidente da CDL José Carlos Rocha disse que “O nosso papel é esse, é contribuir, não só com Teixeira, mas discutindo todas essas ações da região, a gente sabe do papel como cidadão, mas o extremo sul hoje realmente tem incomodado as vezes alguns atores, com Marcos falou, do Reino, e a gente tem que trazer o rei pra perto da gente, eu acho que Salvador tá muito distante, a gente tem tido dificuldade em dialogar com o eles, o que nós precisamos é discutir ações, eu vejo assim, como se constrói uma rodoviária aqui, tudo aqui é difícil, acesso, o parque é um histórico de Teixeira de Freitas, esse parque  tem uma história tão bonita e eu tenho certeza que o governador não conhecimento disso” disse José Carlos. 

Marcos Belitardo, presidente da Câmara de Vereadores, também se disse contrário a decisão do governo, prometeu discutir o assunto na reunião da câmara. e colocou os meios de comunicação a disposição da diretoria.

O senhor Chico Galão, um dos sócios da cooperativa, mora junto ao Parque de Exposição e se disse preocupado com o decreto do governo, ele não vê com bons olhos a possibilidade de ter a rodoviária ao lado de sua casa.

Fonte: Neuza Brizola/ Bahiaextremosul

Tags:   Teixeira Decreto Goveerno parque de Expsoição Rodoviária