Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 24/10/2014 às 23h01min

Telexfree têm bens bloqueados pela Justiça, no ES

compartilha nas redes sociais:
G1.

 

 

 

Decisão foi referente a uma empresa e seis pessoas envolvidas no caso.
Pedido foi feito pelo Ministério Público Federal do Espírito Santo.


A Justiça Federal sequestrou os bens, bloqueou contas e valores, e conseguiu a quebra de sigilo bancário e fiscal de uma empresa e de outras seis pessoas, todas ligadas à Telexfree no Espírito Santo. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal no Estado (MPF-ES), conforme divulgado nesta sexta-feira (24).

A medida foi considerada necessária porque, durante a primeira fase da Operação Orion, em julho deste ano, foram apreendidos diversos documentos e surgiram indícios do envolvimento de novas pessoas no esquema da pirâmide financeira. A segunda fase foi realizada nesta sexta. Os nomes dos envolvidos não serão divulgados porque o processo tramita sob sigilo na Justiça Federal do Espírito Santo.

Na segunda fase da Operação Orion foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão na sede de uma empresa e em três residências, em Vitória e Vila Velha. Na operação, participam 12 servidores da Receita Federal e 20 policiais federais.

O inquérito que apura a possível ocorrência de crimes praticados pela Telexfree e pelos seus sócios no país foi instaurado por requisição do MPF-ES. Todo o material apreendido até o momento, assim como o apreendido na primeira parte da Operação Orion, está subsidiando as investigações sobre crime contra o sistema financeiro nacional (oferta pública de valores mobiliários sem registro junto à Comissão de Valores Mobiliários); contra a economia popular (pirâmide financeira/ Ponzi); evasão de divisas; lavagem de dinheiro; e sonegação fiscal.

Investigações
Toda a investigação sobre a Telexfree no Brasil está sendo feita em conjunto entre MPF-ES, Polícia Federal e Receita Federal. Os nomes dos envolvidos não estão sendo divulgados porque o processo tramita sob sigilo na Justiça Federal do Espírito Santo.

Atualmente, a Telexfree é alvo de uma ação civil pública na 2ª Vara Cível de Rio Branco, no Acre. Também é alvo de investigação nos Estados Unidos acerca de cometimento de fraude eletrônica instrumentalizada por uma pirâmide financeira. A Justiça americana, inclusive, determinou em abril o congelamento dos bens do grupo Telexfree. O pedido foi feito pela Securities and Exchange Commission (SEC), órgão equivalente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) brasileira, e determinado pelo Tribunal Distrital de Boston.

Espirito Santo

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também CATEGORIA GERAL

Pista entre Eunápolis e Itabela cede e trânsito é interditado na BR-101

Pista entre Eunápolis e Itabela cede e trânsito é interditado na BR-101

CIPE/MA prende dois indivíduos com grande quantidade de drogas em Porto Seguro

CIPE/MA prende dois indivíduos com grande quantidade de drogas em Porto Seguro

Defesa Civil alerta população de Itamaraju em áreas de risco

Defesa Civil alerta população de Itamaraju em áreas de risco

Robinho é condenado a nove anos de prisão por estupro

Robinho é condenado a nove anos de prisão por estupro

Últimas publicações