Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 04/05/2019 às 17h40min

Damares decide demitir Tia Eron de secretaria

Ministra se queixava da produtividade da subordinada na pasta Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.
compartilha nas redes sociais:
Naira Trindade

ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, avisou a aliados que decidiu demitir a secretária nacional de Políticas para as Mulheres, Tia Eron (PRB-BA). Damares ligou esta semana para a subordinada para se queixar da produtividade dela. A ministra também se preocupou em avisar ao presidente do PRB, o deputado federal Marcos Pereira (SP). A exoneração deve ser publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

A secretária-adjunta Roseane Cavalcante de Freitas, conhecida como Rosinha da Adefal (Avante-AL), deve assumir interinamente a cadeira deixada por Tia Eron. Rosinha é ex-deputada federal.

Ministra da Mulher de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves
Ministra da Mulher de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado 

Ao demitir Tia Eron, Damares justificou ter se incomodado com a "falta de produtividade" dela no ministério e também com a quantidade de pessoas "ligadas à esquerda" que ela teria nomeado para a pasta. Inconformada com as críticas, Tia Eron ligou para a prefeitura de Salvador - onde foi secretária Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza - para checar se a passagem dela por lá também tinha sido considerada negativa.

Ex-deputada federal, Tia Eron não conseguiu se reeleger no ano passado. Sem mandato, ela perdeu também a presidência do PRB na Bahia. A cúpula do partido anda insatisfeita com os posicionamentos dela.

Em 2016, Tia Eron ganhou visibilidade ao dar o voto decisivo para a aprovação, no Conselho de Ética da Câmara, do parecer que cassou o então presidente da Casa, Eduardo Cunha. Na época, ela fez suspense sobre seu qual seria seu voto, mas acabou votando contra Cunha.

A Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres é responsável pelo disque-denúncia 180, que atende mulheres vítimas de violência, e por financiar centros de acolhida, unidades de atendimento e campanhas educativas para prevenir e remediar a violência sexual e doméstica contra a mulher. Procurada pela reportagem, Tia Eron não retornou às ligações.

Demitida Produtividade

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também POLíTICA GERAL

Vídeo - Cadeirante mudo e com paralisia tenta assaltar joalheria segurando a arma com os pés

Vídeo - Cadeirante mudo e com paralisia tenta assaltar joalheria segurando a arma com os pés

Mutirão de limpeza chega ao bairro Caminho do Mar

Mutirão de limpeza chega ao bairro Caminho do Mar

Brasil inicia neste mês testes com potencial vacina contra Covid-19 desenvolvida em Oxford

Brasil inicia neste mês testes com potencial vacina contra Covid-19 desenvolvida em Oxford

Sobe para 11 os casos de Covid-19 em Itamaraju

Sobe para 11 os casos de Covid-19 em Itamaraju

Últimas publicações