Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 13/04/2021 às 18h32min

Polícia resgata idosa em Guaratiba e dona da casa pode responder por cárcere privado

compartilha nas redes sociais:
Geraldo Ribeiro

Maria das Graças, de 78 anos, perdeu contato com parentes há mais de 30 anos

Maria das Graças, de 78 anos, perdeu contato com parentes há mais de 30 anos Foto: Hermes de Paula / Agencia O Globo

A Polícia resgatou, na manhã desta terça-feira, Maria das Graças de Souza Rodrigues, de 78 anos, que vivia em condições subumanas numa casa em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, junto a mais de 40 cachorros e uma outra idosa que seria a dona do imóvel. Além de muitas fezes no quintal, havia até um pequeno cemitério de animais nos fundos do imóvel, com direito a lápides, onde foram encontradas algumas ossadas.

A dona do imóvel, identificada pela polícia como Therezinha da Silva Moraes também foi levada para a delegacia. Ela deverá responder por maus-tratos aos animais, cárcere privado e por manter outra pessoa em condições análogas à escravidão, segundo o delegado Antônio Ricardo Lima Nunes, titular da 43ª DP (Guaratiba):

— Deve ser autuada por maus-tratos aos animais, porque lá havia mais de 40 cães subnutridos e com fezes espalhadas por todos os lados, sem ração ou água; por cárcere privado e condição análoga à escravidão. Só estamos decidindo se será situação flagrancial ou não. Ela é muito idosa e esse é um complicador. Estamos procurando um familiar dela para dar ciência do que está acontecendo e até mesmo para dar acompanhamento na audiência de custódia, se for feita a lavratura. Mas esses artigos já estão certos — afirmou o delegado.

Antônio Ricardo quer saber também se alguém ficava com o dinheiro da aposentaria de Maria das Graças. O delegado disse que ela tinha o cartão do benefício do INSS, mas afirmou que não recebia nenhum valor.

— Ela tem aposentatoria. A gente está com o cartão aqui, mas ela disse que não recebia (o benefício). Vamos apurar quem é que recebia (por ela) — disse o delegado.

A mulher resgatada deixou o Maranhão há mais de 50 anos, em busca de uma vida melhor e há mais de 30 havia perdido o contado com os familiares. A polícia chegou até ela após denúncia feita por uma moradora que foi procurada por uma sobrinha da idosa que mora no Nordeste e pediu ajuda para encontrar a tia.

A idosa foi localizada na casa de dois andares e muro alto. Ela dormia num quarto onde havia uma cama velha e quebrada, apoiada por tijolos e que sequer tinha colchão. O cômodo era dividido com os cachorros. Ela estava maltrapilha, suja, com um dos pés descalços e com uma imensa cabeleira coberta por um pano.

Maria das Graças vai ficar temporariamente com parentes no Rio e depois será levada para o Maranhão, onde vive uma outra irmã.

Cárcere privado Condições subumanas

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também POLíCIA GERAL

Bahia registra 3.931 novos casos de Covid-19 e mais 85 óbitos pela doença

Bahia registra 3.931 novos casos de Covid-19 e mais 85 óbitos pela doença

Vídeo flagra momento raro de cópula de harpias na RPPN Estação Veracel em Porto Seguro;

Vídeo flagra momento raro de cópula de harpias na RPPN Estação Veracel em Porto Seguro;

Surubim de 1 metro e meio é capturado por casal de pescadores no Rio Mucuri em Nanuque

Surubim de 1 metro e meio é capturado por casal de pescadores no Rio Mucuri em Nanuque

Caravelas realiza entrega de quase 4500 kits de alimentação para alunos da rede pública municipal

Caravelas realiza entrega de quase 4500 kits de alimentação para alunos da rede pública municipal

Últimas publicações